31 de mai de 2012

CORRER E CORRER...


Se a vida nos desse o privilégio de apenas correr como um esporte ou hobby sadio e de preferência de mais de 4milhões de pessoas no Brasil, estava ótimo. Mas a vida nos faz assumir diversos papéis que competem com a verdadeira vontade de fazer o que "dá na telha". Termo talvez antigo, mas que sintetiza o que eu quero dizer no momento. Nunca iremos parar de correr, ainda mais numa megalópole como SP, o grande problema é que corremos maratonas e ultramaratonas para cumprirmos os desejos e prazos de outros. Sobrando apenas alguns momentos exporádicos em que vivemos para nós mesmos. Corremos, pois nos cobram, corremos pois temos que pagar contas, corremos porque nos empurram para que o resultado apareça. Mas na verdade não é essa corrida que preciso e nem a que eu mais desejo. Sei que todos temos responsabilidades, mas por que preciso correr pelos outros? Pela minha família sempre, mas nem sempre por aquilo que me preciona.
Correr e correr tudo o que eu gostaria de fazer, e tudo o que sempre tenho que fazer. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário