7 de mar de 2010

Quase uma Meia Maratona.

Após uma sexta-feira turbulenta nada melhor do que descarregar o stress num longão no sábado. Meu treino dizia que tinha que correr 13km, acordei de madrugada e notei que estava chovendo muito, logo pensei, lá se foi o longão de sábado,normalmente em São Paulo quando chove não para mais. Então voltei a dormir, 9h30 me levantei, olhei pela janela e não chovia mais. Opa! Vamos correr! Tênis, nike sportband, mp3 e uma blusa corta vento porque apesar de não estar chovendo o tempo estava nublado. Assim sai de casa, um pouco cansado pela noite que não foi fácil, mas vamos correr.Qual o percurso? qual a distância? Perguntas que foram sendo respondidas a cada passada. Cruzamento da Miguel Ayunes com a Av. Interlagos agora não dá mais pra pensar resolvi fazer o que nunca tinha feito. A chuva começou a cair. Vou pegar a Av. Interlagos, 2km de subida.Este trajeto é muito bom de se fazer por ter subidas, descidas, retões e até uns degraus de escada. Em cima da ponte do Socorro, resolvi aumentar o percurso e não fazer os 13km do treino, mas ir além, 10km, 12km, 15km, já estava além do que já tinha corrido, mas a chuva, o fato de praticamente estar só correndo na rua me motivou a querer mais, 16km, 17km e por fim 18km em 1h51m29s numa média de 6'11''/km e 1604cal gastas neste, que foi o meu maior treino até o momento. É impressionante como uma corrida destas mexe com tudo, o pisicológico, o físico e até mesmo o espírito.
Em uma das minhas primeiras postagens o título era QUASE 10 e em praticamente 4 meses volto a escrever "Quase" no meu título, mas não de uma forma frustante mas como um troféu, QUASE UMA MEIA MARATONA! Voltei enxarcado com a chuva e o suor, com a roupa pesada, pernas cansadas mas com a alma lavada e disposto a virar o jogo. Correr e viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário